Funcionamento

O QUE É PALMAS é-dinheiro?

Palmas e-dinheiro é um Banco Comunitário Digital, sem agências físicas, com alcance ilimitado, que utiliza-se de uma moeda social eletrônica, voltado para pessoas de todas as classes, com ênfase no público de baixa renda.

O QUE É UM BANCO COMUNITÀRIO? QUAL A DIFERENÇA PARA UM BANCO COMERCIAL COMUM?

Bancos comunitários são serviços financeiros solidários, de natureza associativa e comunitária, voltados para a geração de trabalho e renda, tendo por base os princípios da Economia Solidária. Baseiam-se no incentivo a produção e consumo local, fazendo com que a riqueza circule na própria região. A grande diferença para os bancos comerciais é que os Bancos Comunitários não objetivam lucro e reinvestem seus excedentes na própria comunidade.

PORQUE O “PALMAS é-dinheiro” É UM BANCO DIGITAL?

Porque é uma ferramenta de “dinheiro no celular“ para a telefonia móvel, criada para levar o sistema financeiro a quem tenha um aparelho com linha celular ativa. Por isso é chamada de digital. Para quem não tem o aparelho, mas possui um numero de telefone, pode solicitar um cartão.

EU POSSO TROCAR MOEDA SOCIAL ELETRONICA (dinheiro no celular) POR REAIS (R$)?

Sim. Com o PALMAS e-dinheiro você pode comprar em estabelecimentos credenciados e fazer saques (trocar por reais) nas agências ou pontos de saque. Informe-se com o promotor de sua cidade quais são os pontos de saque.

O PALMAS e-dinheiro FUNCIONA ATRAVÉS DE AGÊNCIAS?

Sim. Mas dentro do conceito de banco digital, não existe, necessariamente uma agencia física (um prédio, uma sede). Como o banco digital funciona através da internet, via celulares e outros equipamentos móveis, a agência pode ser o próprio promotor, que atende em domicilio, na sua própria casa, em eventos, ou em qualquer espaço cedido pela comunidade. Em algumas comunidades /municípios existem agências físicas, em ouros não.

COMO POSSO SABER SE TEM UMA AGÊNCIA EM MEU BAIRRO / MUNICIPIO?

Você pode consultar nossa página na internet e ver se já existe uma Agência em seu bairro/ município e qual o contato da pessoas responsável: Ver agencias.

QUEM É O DONO DO PALMAS e-dinheiro? QUEM RESPONDE JURIDICAMENTE?

PALMAS e-dinheiro não tem dono. Quem responde juridicamente pelo Palmas e-dinheiro perante seus usuários é o Instituto Banco da Periferia, uma Ong, sem fins lucrativos, com sede em Fortaleza-CE. Contudo, todos os promotores (as agências) são co-responsáveis, participam dos excedentes e decidem através de uma Conselho Gestor. É um banco participativo e auto gestionário.

PALMAS e-dinheiro é LEGAL? TEM AUTORIZAÇÃO DO BANCO CENTRAL PARA FUNCIONAR?

Em novembro de 2013, o Banco Central do Brasil lançou a regulamentação n. 4.282 para definir regras sobre os meios eletrônicos de pagamento. O “Palmas e-dinheiro” se enquadra nesta regulamentação.

COMO FAÇO PARA ME CADASTRAR COMO USUÁRIO OU PESSOA JURÍDICA?

Basta entrar em contato com a Agência de seu bairro/município, ligando para o promotor local. Veja o numero da agência ou promotor de seu bairro/município em Agencias

COMO FAÇO PARA SER UM PROMOTOR OU ABRIR UMA AGENCIA DE “PALMAS e-dinheiro” NO MEU BAIRRO/MUNICIPIO?

Basta ligar para o Instituto Banco da Periferia – (85) 3459-4848, para uma análise.

OS SERVIÇOS OFERECIDOS PELO “PALMAS e-dinheiro” SÃO PAGOS?

De forma em geral, serviços realizados por usuários (pessoas físicas) não são pagos. A pessoa jurídica paga 2% nas compras realizadas com “Palmas e-dinheiro”, desconto bem menor que as cobradas pelas outras bandeiras de cartão de crédito que variam em média de 4% a 7%.

QUAIS SÃO OS SERVIÇOS OFERECIDOS POR PALMAS e-dinheiro

  • Abertura de conta corrente
  • Transferências entre contas
  • Depósitos
  • Pagamento de boletos e faturas
  • Cobranças
  • Extratos da conta
  • Controle dos gastos
  • Compras no comercio local
  • Recarga de celular
  • Compra de seguros
  • Pequenos empréstimos

QUAIS SÃO AS VANTAGENS PARA OS USUÁRIOS - PESSSOA FISICA?

  • Acesso a serviços financeiros, mesmo sem conta bancária ou cartão de crédito ou débito, tais como saldo, extrato, resgate, depósito, pagamentos e transferências.
  • Segurança
  • Praticidade
  • Controle de gastos próprios e de seus familiares
  • Economia em serviços bancários

QUAIS SÃO AS VANTAGENS PARA A PESSSOA JURÍDICA?

  • Segurança
  • Praticidade
  • Controle de fluxo financeiro de ponta a ponta
  • Diminuição da circulação de moeda em espécie
  • Menor custo em relação às outras alternativas de recebimento (cartão de crédito e débito)
  • Repasse antecipado do recurso para o estabelecimento
  • Aumento da clientela

VANTAGENS PARA PREFEITURAS E GOVERNOS

  • Pagamentos de benefícios sociais via celular.
  • Sistema de gestão e folha de pagamentos utilizando a base de dados do Cadastro Único do governo federal.
  • Inclusão financeira da população carente.
  • População carente, antes excluída do sistema bancário, vai poder utilizar serviços financeiros, tais como transferências ou pagamentos online.
  • Pagamento de benefícios tais como vale transporte ou bônus.
  • Manutenção da riqueza no município ou estado.