RELATORIO DA APRESENTAÇÃO DO E-DINHEIRO AMBIENTAL

REUNIÃO DE APRESENTAÇÃO DO E-DINHEIRO AMBIENTAL

Realizou-Se no dia 30/06, na sede do Banco Palmas,  a reunião de apresentação para as comunidades  do Conjunto Palmeira, São Cristovão  e Sítio São João  do E-Dinheiro Ambiental, que vai ter inicio no dia 11 de setembro de 2018 nos Ecopontos do Conjunto São Cristovão e Sítio São João.

Estavam presentes carroceiros, recicladores, lideranças comunitárias e a ECOFOR.

Inicialmente foi apresentado o Projeto, destacando-se que trata-se de uma ação conjunta entre a Prefeitura de Fortaleza, a ECOFOR e organizações do bairro.

Entenda a ação:

- Os Carroceiros do Jangurussu fazem uma inscrição e abrem uma conta no Banco Palmas, na Plataforma Digital E-dinheiro, que funciona no celular ou em cartão. Todos os carroceiros recebem o cartão E-dinheiro Ambiental.

- Os Carroceiros credenciados estão autorizados a levar para os  ECOPONTOS do Conjunto São Cristovão e do  Sitio São João, ENTULHOS, PODAS ou VOLUMOSOS (sofá, guarda-roupa, etc). Nos ECOPONTOS os materiais são pesados e os carroceiros  são pagos com dinheiro digital na sua conta no E-dinheiro.

- Os recicladores, associações comunitárias, ou qualquer morador pode levar até os ECOPONTOS  os recicláveis (lata, alumínio, papel, plásticos e outros) e também serão pagos com moeda digital e-dinheiro

- Para quem não tem uma conta aberta no Banco Palmas, na Plataforma e-dinheiro, pode abrir sua conta na hora, no próprio ECOPONTO.   

O QUE SE PODE FAZER COM ESSE DINHEIRO DIGITAL?

- Compras nos comércios locais credenciados

- Pagamento de  boletos e faturas

- Recarga de celular

-Transferência entre contas

- Resgatar para uma conta corrente em qualquer banco comercial.

- E outras vantagens.

O QUE PRECISA PARA ABRIR UMA CONTA NA PLATAFORMA E-DINHEIRO?

Somente CPF e o número de um telefone celular.

OBJETIVOS GERAIS DA AÇÃO

A)      Colaborar para manter a cidade limpa

B)      Geração de renda para carroceiros, recicladores e população em geral

C)      Aumento de vendas no comércio local

D)      Fortalecimento da comunidade

E)      Criar a cultura de valorização do meio ambiente

 

DELIBERAÇÕES DA REUNIÃO

1)      Inauguração do E-DINHEIRO AMBIENTAL em 11/07, no ECOPONTO do Conjunto São Cristovão.

2)      Mobilizar os carroceiros da região para cadastramento e abertura de contas no Banco Palmas.

3)      Fazer uma atividade  piloto, em uma rua do bairro, com as seguintes atividades.:

a) Trabalho educativo ambiental orientando as  as famílias a separação domiciliar do lixo seco (recicláveis) do lixo molhado (orgânico). A comunidade faria uma coleta seletiva deste lixo e levaria até os ECOPONTOS.

b) Colocar lixeiras e composteiras na rua estimulando o reaproveitamento do lixo orgânico. Estimular, também, a composteira domiciliar.

c) Pensar em estratégias  de arte e cultura como elemento educativo e mobilizador  das ações ambientais.

d) Gradualmente organizar a rua sustentável, com a coleta seletiva, compostagem, calçadas que permitam acessibilidade de todos, cores, espaços de encontro  e outras ações sustentáveis.

 

Informações: 3269- 9617