Banco Comunitário Regional do Pirangi

O Instituto Banco da Periferia e a Rede Cearense de Bancos Comunitários foram convidados pelo Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria de Desenvolvimento Agrário,  para criar o Banco Comunitário Regional da Área Reformada do Pirangi. Essa ação está sendo coordenada  pelo Instituto de Desenvolvimento Agrário do Ceará-IDACE, que tem promovido reuniões de planejamento nos municípios envolvendo  poder público, sociedade civil e o setor produtivo. O Instituto Banco da Periferia participa destas reuniões apesentando o funcionamento, vantagens, e metodologia dos Bancos Comunitários, e discutindo a viabilidade da criação do Banco Comunitário Regional do  Pirangí.

 A Área Reformada do Prirangí.

 O Decreto Estadual nº 31.945, de 03 de maio de 2016, institui o Projeto Uruanan – Área Reformada do Pirangi que consiste numa ação governamental articulada entre os poderes públicos federal, estadual e municipal, o movimento sindical rural, os movimentos sociais e os beneficiários das políticas públicas do desenvolvimento rural sustentável e solidário na região.

Área reformada do Pirangi é um Território com uma grande concentração de Assentamentos da Reforma Agrária, abrangendo seis municípios do Ceará: Cascavel, Barreira, Chorozinho, Acopiara, Ocara e Ibaretama. A população local é caracterizada pelo elevado índice de pobreza, totalizando em  174.458 habitantes (IBGE 2016), sendo 70% em áreas urbanas e 30% na área rural.

 O Banco Regional do Prirangi

O Objetivo do Banco Regional é promover o Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário da Área Reformada do Pirangi.  A ideia consiste em criar um Banco Comunitário comum aos seis municípios, com uma moeda social (Moeda Pirangi) com circulação aberta em todo território. Dessa forma cria-se um corredor comercial entre os seis municípios, podendo um produtor/consumidor comprar as mercadorias do outro, fortalecendo a economia do território.

Em cada um dos municípios o Banco Pirangi terá uma espécie de “agência”, com uma gerência  própria do local, com liberdade de pensar produtos para o município, sem contudo perder a unidade do território.

O Banco  Pirangi será digital e utilizará para suas operações a plataforma eletrônica  “E-DINHEIRO” da Rede Brasileira de Bancos Comunitários, podendo funcionar através de qualquer aparelho celular ativo ou cartão.

 

Principais serviço a serem oferecidos pelo Banco Prirangi

 

·                         Crédito produtivo

·                         Crédito  para o consumo de produtos locais

·                         Pagamento de boletos e faturas

·                         Pagamento de salários e benefícios sociais / folha de pagamento

·                         Compra de Microsseguros

·                         Tranferências bancárias

·                         Recarga automática de cellular

·                         LOGIN E CADASTRO: Cadastrar e logar no sistema.

·                         DEPOSITAR: Depositar recursos na plataforma e-dinheiro

·                         TRANSFERIR: Transferir valores entre usuários e-dinheiro

·                         COBRAR: Requisitar cobrança de valores para usuários e-dinheiro.

·                         PAGAR:Pagar uma conta

·                         EXTRATO: Extrato de transações e-dinheiro

·                         RESGATE : Resgate de valores da plataforma